Aqui estou mais uma vez, sentada na frente do meu notebook, sem saber como começar esse texto da retrospectiva sobre o meu ano. Talvez, pudesse começar dizendo que 2012 para mim foi marcado por “Encontros e Desencontros”, nem todos os meus sonhos não se realizaram  este ano mas, comecei a realizar pelo menos um dos cinco primeiros da minha lista de vinte desejos a serem concretizados antes dos trinta. Isso mesmo, tenho uma lista assim e acho que todas as garotas aos vinte deveriam definir uma lista de prioridades a serem cumpridas até os trinta. 

Voltei a cursa direito, mesmo este não sendo meu sonho e muito menos minha ambição de vida. Criei meu blog, depois de desistir da idéia de mudar para outro país, fiz novas amizades, sem esquecer das antigas e, aprendi que nada na vida é fácil e que para realizar nossos desejos temos que lutar e muito para que eles se tornem realidade.

Em muitos momentos, me senti deslocada na faculdade, olhava para os lados e apenas observava o comportamento das pessoas, esperando alguma reação diferente da normal. Continuo acreditando que as pessoas possam melhorar com o tempo, mesmo quando elas se forçam a fazer o contrário.

O que mudou em mim? Creio que passei a acreditar que, quanto mais nos dedicarmos a tentar fazer outros felizes, para que estes não sofram, quem acaba por sofrer somos nós. Creio que o dar e receber nunca foram tão utilizados por mim quanto este ano. 

O que descobri em 2012? Que amigos do colégio não duram para sempre, que algumas amizades que julgamos serem eternas, não são tão eternas assim. E, o principal, que viver vai muito além do que podemos imaginar.


Vamos falar sobre o Portal Ju Lund? 

 
Criado a pouco mais de dois anos o portal é um dos meus locais favoritos quando o assunto é novidade sobre os novos lançamentos de livros pelas melhores editoras do país, além disso, temos a disposição notícias sobre séries que mais amamos e filmes que estão em cartaz no momento.
Conheci o portal quando estava procurando alguns livros para download, achei a página onde a Ju disponibiliza alguns livros da sua estante pessoal e pronto já olhei cada canto do portal e já coloquei como um dos meus favoritos.  


Participandodos sorteios que sempre tem no site, conversei uma vez com a Ju e, olha que surpresa a minha, quando entrando no meu facebookvejo que a mesma havia me enviado um convite de amizade.Nossa!Fiquei muito feliz e, é por isso queas convido há conhecer um pouco mais sobre essa gaucha que faz desse portal uma referencia literária.

Falando um pouco mais sobre o quanto esse portal me ajuda a descobrir novos livros, lembram-se de quando escrevimeu primeiro texto aqui no blog sobre livros?Falei sobre meus “Desejos Literários” e entre alguns dos livros citei A Seleção, um livro incrível que fiquei totalmente apaixonada quando li várias resenhas no portal da Ju.

 
E então vamos parar de enrolação e conhecer um pouco sobre a Ju? Vamos à entrevista..

1 – Me conta um pouco sobre você e de como surgiu essa paixão pelos livros?
Primeiro é um prazer "conversar" com você e seus leitores, agradeço o convite tão gentil! E em segundo lugar... Bom, sou gaúcha de uma cidade do interior do Rio Grande do Sul (Pelotas) e minha paixão por livros começou muito cedo.
Sempre tive acesso a livros e fui bastante incentivada para leitura e artes. Isso faz grande diferença em uma criança.
Contudo não posso dizer que sempre fui uma leitora voraz, na verdade isso foi algo crescente na minha vida e só tomou grandes proporções quando comecei a ler literatura fantástica e descobri os livros em série.
E ai sim não consegui mais parar! Posso dizer que sou da geração Crepúsculo (com muito orgulho), pois foi a primeira Saga que li e reli. Após ela já não havia como parar e lia um livro por dia.


2 – Como surgiu a idéia de criar um portal sobre literatura?
A ideia não foi minha, mas de meu companheiro. Por ler muito rápido e muitos livros ele sempre me questionava se não sentia vontade de compartilhar cada experiência.
(E eu não quis por muito tempo.)
A época foi interessante, pois sempre escrevi poemas, poesias e textos pessoais... Que com o tempo tornaram-se Contos. E essa era mais uma coisa que meu companheiro e minha mãe diziam que deveria partilhar de alguma forma.
Relutar por muito tempo faz pensar e dentro de mim foi crescendo a vontade de comentar o que lia e publicar o que escrevia. Visitei alguns Blogs, conversei com algumas poucas pessoas.
Foi assim que surgiu o meu site, que rapidamente ganhou uma proporção maior e maior, transformando-se em um Portal.



3 – No inicio você achou em algum momento que o portal não daria certo? Quando você começou a perceber o crescimento dele?
Não. Nunca achei que "não daria certo" pois sempre pensei que se uma pessoa o acessasse para ler o que postava, já estaria com o objetivo finalizado. Lembro quando vi duas pessoas online... quando recebi 4 visitas em um dia e 7, 16...
Como boa escorpiana, logo almejei mais!
Minha meta então mudou, desejei um lugar sempre atualizado (diariamente) e assim o fiz. Além de literatura e meus contos, também comentei filmes e tudo foi crescendo. Em poucos meses estava maior que poderia imaginar, isso por sua visitação - comentários - emails. No dia que notei passar mais tempo respondendo emails e comentários vi que sozinha ficaria louca (risos). A visitação só crescia e eu percebi que era o momento de ter colaboradores.
Com isso abri vagas para blogueiras/ colunistas e duas pessoas maravilhosas formaram minha equipe (Fer e Gigi). Quando fiz um ano de site, elas estavam comigo... Quando completei dois anos (agora em 2012) notei que já éramos 10 e hoje somos 14 + 01 convidada. Uma família de 15 pessoas super talentosas e unidas que formam o Portal. A nossa casa.



4 – Que autor consegue te proporcionar maior inspiração?
Como comentei, minha primeira leitura apaixonada foi a da Rainha do Crepúsculo. Já minhas principais autoras depois disto foram J.L Smith, PC Cast, Meg Cabot e Nazarethe Fonseca.
Infelizmente não consigo me inspirar lendo e na verdade paro as leituras quando escrevo. Preciso ficar "limpa" para escrever, estar tranquila e dormir bem.
É dormindo que tenho sonhos e pesadelos que me inspiram, depois disto basta sentar e rabiscar que as ideias brotam (as vezes tanto que infelizmente não consigo acompanhar).



5 – Me conte um pouco sobre o seu livro.
Meu livro, o primeiro romance que coloco na rua, chama-se Doce Vampira e está em pré-venda pela Editora Ornitorrinco (RJ). Ele nasceu assim, de um fragmento sonhado e não entendido na hora. No momento que escrevi (no papel, com caneta) lia e pensava "Deve ser um conto". Algumas horas passaram e algo me inquietava, voltei a ler o que havia escrito.
Então mais uma parte (do que achava ser um conto) "veio" e escrevi sem parar. Lembro que meu companheiro chegou e esperou quase uma hora para poder falar comigo. Escrevia impulsivamente (risos).
Fiz uma pausa e contei o que estava acontecendo, num comentário simples que ele fez eu decidi escrever e não me preocupar com o tamanho da estória.
E assim começou o que hoje é um livro que narra o amor entre uma humana e uma vampira. Um romance QueerChick.

(no meu site conto em 10 Atos como tudo aconteceu http://www.julund.com.br/)


6 – Por ultimo, muito obrigado pela mini entrevista. Gostaria de deixar algum recado para as leitoras?

Obrigada Bianca por essa entrevista, saiba que é a primeira e fiquei muito contente com seu convite. Adorei mesmo. :)
Para as leitoras e leitores deixo o convite para conhecerem o Portal e nossa família numerosa. Também convido para lerem meu trabalho acessando meu site pessoal ou com meus livros (de contos:Entrecontos I e II, meu romance Doce Vampira ou as Antologias que participo: Autores Fantásticos e Vampiros de Alma).
Espero que Doce Vampira ganhe muitas estantes e especialmente as estantes de quem estiver lendo - carinhosamente - esta entrevista aqui no Blog! Mil Bjokas.

Nossa acho que esse é o maior texto que esse blog já teve.
Espero que tenham curtido.

Encontre a Ju nas redes sociais: